Our News

hospedagem e cms
Blog

Hospedagem X Cms – Qual a diferença?

Com tantas funcionalidades dentro do universo web, fica fácil confundir dois termos ou ainda achar que ambos possuem o mesmo significado – isso acontece com “CMS” e “Hospedagem”. Algumas pessoas que nos acompanham têm dúvida em relação à função de cada um e quando utilizá-los em seus negócios, chegou a hora de esclarecer tudo isso e mais um pouco!

Hospedagem

Quando você quer abrir um estabelecimento em uma cidade, precisa pagar aluguel, não é? Com a internet é a mesma coisa, todos os sites existentes só podem ser acessados porque seus desenvolvedores pagaram uma taxa para ficarem no ar – nada é de graça, não é mesmo? – e essa taxa é de hospedagem.

Você pode gostar de: Como funciona a hospedagem no WordPress

De forma resumida, hospedar significa colocar o seu site no ar através de um servidor, isso pode ser mensalmente, trimestralmente ou anualmente.

Tem como hospedar de forma gratuita?

Sim, mas você será obrigado a aceitar o nome do provedor no seu endereço. Por exemplo, na criação de um blog pelo blogger, seu https será: nomedoblog.blogger.com – para páginas teste e privadas isso não é um problema, mas no caso de uma empresa ou marca, fará com que o profissionalismo fique de lado.

Como devo hospedar meu blog?

O primeiro passo é escolher o tipo de hospedagem desejada. A opção mais comum é a compartilhada, que consiste em vários sites dividindo o mesmo servidor, seus preços são competitivos (custo-benefício) e é recomendada para blogs que não possuem alto índice de tráfego. Quem possui um tráfego maior pode optar pela hospedagem em nuvem, que impede que a página não fique lenta ou sobrecarregada, isso acarretará em um custo maior. Já quem deseja segurança máxima deve escolher um servidor dedicado – ele será totalmente seu, sem nenhum tipo de divisão.

CMS

A sigla significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (Content Management System, em inglês) – já deu uma clareada, né? O objetivo do CMS é organizar as suas estratégias de conteúdo, facilitando a edição, distribuição, planejamento, produção e muito mais. Além disso, eles oferecem a manutenção de um banco de dados otimizado para organizar todas as publicações. Assim como acontece com a hospedagem, sem essa plataforma você não consegue colocar o seu blog no ar.

Exemplos de CMS disponíveis na Web

O próprio WordPress e o Blogger são considerados CMS’s – e como eles também oferecem hospedagem, podem ser consideradas opções extremamente completas para o desenvolvimento do seu conteúdo.

Qual é melhor para mim, o CMS ou a hospedagem?

Ambos! Nenhum existe sem o outro. Não dá para ter um site sem ele estar publicado na internet, e não dá para ter um endereço na internet sem existir um sistema para armazenamento de dados por trás dele. A pergunta certa a se fazer é “qual tipo de CMS e hospedagem eu devo utilizar?” – o mercado oferece uma grande variedade e cabe a você decidir o que é melhor para você! Mas isso é assunto para outro post… Então não deixe de ficar ligado às nossas novidades.

Até a próxima! 😉

Equipe Promocontent

  • Share: